Santuário do Senhor Bom Jesus Campo Largo

40 anos da Fundação da Capela São Judas Tadeu

1978-2018. Quarenta anos se passaram desde aquele 29/10/1978. Foi nesse dia em uma missa festiva celebrada sob a sombra de um pinho, a primeira em honra ao padroeiro escolhido São Judas Tadeu, que o pároco da paróquia de Nossa Senhora da Piedade, Padre Paulo Iubel, a convite do então pároco da paróquia do Senhor Bom Jesus, Padre Jan Sobieraj fez a benção da pedra fundamental e deu início a essa história.

Os envolvidos no projeto de ali construir uma Capela sabiam das dificuldades que enfrentariam ao longo do tempo, mas dedicação não faltava e aos poucos a capela foi tomando forma. Os primeiros tijolos assentados em mutirões realizados aos fins de semana, e alguns meses depois o alicerce estava pronto.

Os pedidos de doações de materiais eram prontamente atendidos pelos mais diversos setores da sociedade, a construção “saiu do chão”, ganhou altura, foi coberta, fechada. Construída a várias mãos, com trabalho e suor, e a comunidade pode finalmente celebrar as Missas em seu interior.

A História da construção da Capela  é riquíssima, e só foi possível graças ao trabalho e doações de muitos. Terreno, materiais de construção, imagens de São Judas Tadeu e Nossa Senhora da Graças, imagens da Via Sacra, a igreja literalmente construída pelos fiéis.

Para contar a história da construção, não podemos ficar somente no âmbito material, mais sim comemorar a construção espiritual dessa comunidade, pois pouco adiantaria uma construção sólida, firme, se o real motivo de tudo isso, a fé, não se fizesse presente.

Ao longo desses 40 anos, muitos padres que passaram pela nossa paróquia celebraram missas na nossa capela. Todos contribuíram para o crescimento espiritual da comunidade. Pároco da época da fundação Padre Jan Sobieray, viu a necessidade da Igreja estar próxima dos moradores do Bairro que surgia na região e não mediu esforços pra ali construir a capela. Desde então a igreja se faz presente em nossa comunidade, e chegamos aos 40 anos tendo os Padres Edilson Lima e Lino Zandoná como pastores do nosso rebanho.

Além das celebrações da Missa semanal, a comunidade tem vários movimentos e pastorais ativos: Apostolado da Oração, Batismo, Cantos, Capelinhas, Catequese, Coroinhas e Acólitos, Dízimo, Grupo de Oração, Liturgia, MESC’s, Terço dos homens, e Pós-crisma. Dentre esses movimentos, temos muito orgulho do Pós-crisma, algo novo em nível de paróquia e até mesmo de arquidiocese, que surgiu da vontade de 7 adolescentes com sua catequista de continuar juntos após a Crisma. Começaram por estudar o Catecismo da Igreja Católica através do YouCat. Um ano depois receberam um livro com temas de encontros de convivência. No último sábado, em missa celebrada pelo Padre Edilson, o grupo Pós-crisma comemorou 3 anos de existência. Parece pouco diante dos 40 anos da capela, mas é muito diante da realidade que vivíamos, onde os jovens crismados desapareciam da Igreja. A permanência desses jovens ativos e atuantes na comunidade faz com que os movimentos se renovem e nos levam a refletir que o trabalho e suor de todos, nesses quarenta anos, não foram em vão, e mais, nos permitem imaginar que mais anos virão, e a comunidade seguirá.

É tempo de festejar! E para bem comemorar esses 40 anos, a comunidade está se mobilizando. Há 3 anos foi agendado para o próximo mês de outubro a visita da “Relíquia”, pequeno fragmento do osso da perna de São Judas Tadeu, vinda do Santuário dedicado ao santo, do bairro Jabaquara, na Capital paulista. A relíquia ficará em nossa comunidade entre os dias 27/10 a 04/11, podendo ser requisitada pelos fiéis para visitas a instituições, empresas, hospitais, etc.

Durante essa visita, teremos missas e novenas todos os dias, celebrada por padres que fazem ou fizeram parte da história de nossa comunidade e paróquia, e outros convidados especialmente para essas celebrações, além da participação de outras comunidades e movimentos, finalizando com a grande e tradicional festa Em Louvor a São Judas Tadeu que será realizada no dia 04/11/2018.

Queremos deixar o convite a toda a comunidade de Campo Largo, que venham participar conosco da festa de 40 anos de fundação, fazendo votos que as comemorações se repitam ao longo dos anos, agradecendo a todos os que contribuíram ao longo desses anos para que nossa comunidade chegasse a essa data, forte, renovada e perseverante.